Estilo SM


No Encontro no Cerrado, do ano passado, percebi uma coisa que não era só minha
E vi que  minhas amigas subs também possuíam essa característica
Se vestir ao estilo SM, usar roupas fetichistas, caprichar no visual quando ao lado do Dono em momentos SM
Deixar o pretinho básico de lado e curtir junto dos Donos, as enormes possibilidades  dentro de fetiche de se arrumar e se vestir como escrava
Essa coisa de : "Calça e blusinha preta de algodão", para mim é coisa de velório, e com certeza seria um dos piores castigos, ter que sair ao lado do Dono assim simples, como uma baunilha
Em encontros em locais baunilha, ou quando a ocasião pede, sim claro, obvio que sempre de acordo com a ocasião
Me descobri exibicionista há uns anos, na verdade me assumi, a partir do momento que me aceitei, aceitei minhas fantasias e encontrei um Dominador que hoje é Dono e companheiro, além de amigo e confidente
E ao Seu lado, aceitei que o prazer que tenho ao me preparar e imaginar (aquela coisa toda de mulher juntando as peças para um visual perfeito), e esses momentos de prazer são tão gostosos, quanto o próprio ato da exibição em si, que começa quando o Dono conversando comigo, olha despercebido, dai em um segundo, volta o olho para mim e olha dos pés à cabeça
E aquela cara de satisfação Dele, de estar ao lado de uma peça maravilhosa, esse olhar não tem preço, paga todo o estresse de salão, troca e destroca de roupa e aquele detalhe que não saiu como planejado, e que me irritou
Aquela expressão na face Dele " Ela é foda...", dai em leitura de pensamentos, eu respondo:
"Eu sou mesmo Dono", e o principal motivo é porque sou Dele e Ele me permite ser assim, ser eu mesma e ter prazer em ser eu mesma

Uma vez em uma festa, um rapaz me abordou e perguntou, qual o nome da Sra?
Eu falei: "O que ?" (não estava acreditando naquilo)
E ele: " Oi Sra, nossa, que linda,  busca escravo?"
E eu: Comecei a rir, não conseguia me controlar
Ele achando que era algum jogo de humilhação, perguntou se queria que ele ficasse prostrado aos meu pés
E eu quase não me contive, consegui parar de rir, agradeci a sessão de risos, mesmo ciente que meu rímel poderia ter borrado, falei a ele: "Garoto, me previno de rugas desde meus 20 anos, para vir você, me chamar de Sra, ah, me poupe......"
"E outra, acha que com essa lapa de coleira com letras MFD com 4 dedos de largura, no meu lindo pescocinho, significa o que?"
"E a última:Acha que permitirei que você encoste o dedo no meu scarpin novo de verniz, ainda sendo presente do Dono?

"Faz um favor, fica ai parado e voltamos ao início"
Dei três passos para trás, deixei meu energético no balcão do Áudio (o bartender morrendo de rir)
Voltei, peguei meu energético, olhei para ele, disse :"oi"
Ele respondeu, se apresentou
E eu falei: "Prazer, margoth, do Sr MFD"
Ele olhou para meu pé, e falou "Lindo sapato e linda roupa"
Eu agradeci
Ele continuou: "É a segunda vez que venho na festa, sempre a vejo com olhar imponente e se vestindo como uma Domme, tomei coragem e vim falar contigo"
Eu: "Ser submissa, não é sinômimo de estar com a cabeça baixa ou andar mal vestida, o bom gosto e a postura de uma escrava, são condizentes à coleira que possui"
"Tenho uma coleira de peso, acha que não devo estar à altura Dela?"
"Abaixo a cabeça, só ao Homem que me conduz, ao resto, não...."
E ele concordou, hoje somos amigos e dou váaaarias dicas de sapatos e moda
Na outra festa ele já estava bem melhor, mais entrosado, mais solto e bem melhor na vestimenta
Acho que até ajudei na auto estima do perdidinho.....rsrsrs
Ainda não sei que estigma é esse de sub ter que se vestir simples, estar com um ar sonso e ficar usando toda festa a mesma roupa (aquele uniforme...affff)
Odeio repetir roupa, a não ser alguma que gosto muito
e toda vez que lembro isso, me vem na mente meu primeiro aniversário de coleira, o Dono me fez sair de casa como uma plebéia, com uma roupa simples, nem salto deixou eu por, eu morrendo de vergonha, o que me confortava era o prazer que Ele sentia em fazer aquilo comigo
Vira e mexe me media com os olhos e dava risada, e eu na mistura de dar prazer à Ele com algo sofrido para mim, com a superação de mais um limite
Mais dai pude me vestir para cerimônia e depois colocar um macacão de lurex divino que escolhi para meu niver de coleira
Sei que hoje vejo que não é só de mim, se vestir e se portar como uma bela escrava, minhas amigas biscuit, rashna, gata, ísis do Egito, aimee, e tantas outras
Deixando o estigma de lado par curtir as delicias do fetichismo

e acho que para o fetiche, você pode sim estar simples.......
simplesmente... DIVINA
hehehehhe
e sem precisar estar pelada......

"O LUXO NÃO ESTÁ NA OPULÊNCIA E NOS ORNATOS, MAIS NA AUSÊNCIA DE VULGARIDADE"
(Coco Chanel)

MFD_[margoth]

4 comentários:

Magna disse...

Linda menina margoth, sua postura é perfeita e seu olhar é doce, muito doce.....parabéns ao seu senhor e a vc!!!!! Magna Dea e Shankar.

BELMAR disse...

:)

MFD_[margoth] disse...

Obrigada Sra, fico super feliz com um comentário assim.Bjos na Sra e no Seu menino.Belmar, seja bem vindo

[candonguinha]-MS disse...

Acho muito boa a sacada das suas roupas, vc geralmente está "vestida" mas ao mesmo tempo bem sexy!

Eu já sou mais peladona, hahahaha.

bjos bjos

Ah, falei sobre estilo, inspirada na sua postagem, lá no meu blog.

Bjos